Como usar a moda futurista

O ensaio a seguir remete a uma discussão iniciada na década de 60 pelo designer francês André Courrèges . Contagiado pela Space Age e pela chegada do homem à Lua, em 16 de julho de 1969, entendeu que a percepção do futuro começava naquele momento e iria muito além da ciência.

O ensaio a seguir remete a uma discussão iniciada na década de 60 pelo designer francês André Courrèges. Contagiado pela Space Age e pela chegada do homem à Lua, em 16 de julho de 1969, entendeu que a percepção do futuro começava naquele momento e iria muito além da ciência. Seria traduzido em mudanças abruptas no modo de vestir da mulher daquele período. Assim, saias de PVC, vestidos repletos de recortes geométricos e botas go-go passaram a integrar o guarda-roupa feminino.


Quase seis décadas depois do feito, o assunto continua fascinante. O homem segue se aventurando em missões espaciais grandiosas – que o diga o Tesla Roadster enviado a Marte no último mês de fevereiro. A moda, por sua vez, pega carona nessas expedições e em tudo que remete à tecnologia, no uso tanto da paleta de cores metálicas como de matérias-primas inteligentes.


Do plástico substituindo o clássico tweed na passarela da Chanel de Karl Lagerfeld à crença de Alessandro Michele, da Gucci, de que o novo mesmo é viver de nostalgia, há inúmeras previsões do que será a moda do próximo século. Defensora máxima dos materiais ecologicamente corretos – e do fim definitivo de qualquer produto de origem animal –, Stella McCartney talvez seja a dona da bandeira que realmente funcionará como divisora de águas no planeta fashion. Ou, ainda, a alçada por Demna Gvasalia, estilista da Vetements, em que a rua é que determina o que será visto na passarela. Independentemente de sua crença ou do estilista do coração, o estilo de vida da mulher futurista usa materiais hightech, preocupa-se com a questão do lixo e questiona o consumismo. Boa viagem!

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT)) (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

Parca Felipe Fanaia, R$ 1.290. Vestido Adriana Degreas, R$ 14.000. Chapéu Rosner & Pessagno, R$ 2.800. Anel Gucci, R$ 1.550. Tênis Louis Vuitton, R$ 4.300

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT)) (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

Do lado esq., casaco Morena Rosa, R$ 1.000. Macacão Daura, R$ 849. Máscara acervo. Pochete Melissa, R$ 180. Botas Corcel.shop, R$ 1.200. Na outra pág., vestido, a partir de R$ 19.040, sobre macaquinho, a partir de R$ 9.870, capuz, a partir de R$ 3.280, e colar, a partir de R$ 15.060, Chanel

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT)) (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

Macacão Dimy, R$ 3.850. Óculos RVS para Visionari, R$ 3.300. Pulseira de mão Gucci, R$ 9.560. Tênis Louis Vuitton, R$ 4.300

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT)) (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

Vestido Rocio Canvas, R$ 759. Maiô Adriana Degreas, R$ 890. Chapéu, a partir de R$ 4.990, e luvas, a partir de R$ 4.390, Chanel. Botas Corcel.shop, R$ 1.200

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT)) (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

A esq., Colete, R$ 50.500, e calça, R$ 4.550, Louis Vuitton. A dir.,vestido Rober Dognani,
R$ 4.800. Meias Lupo, R$ 36. Tênis Louis Vuitton, R$ 4.300

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))(Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

Blusa, R$ 711, e calça, R$ 858, Molett. Pulseira de mão Gucci, R$ 7.080.

Moda Futuro (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT)) (Foto: Gustavo Zylbersztajn (SD MGMT))

Capa Reinaldo Lourenço, R$ 9.800. Terno, R$ 10.800, camisa, R$ 1.950, saia, R$ 4.900, calça, R$ 5.800, e gravata, R$ 1.350, Dolce & Gabbana. Braceletes Chanel, a partir de R$ 4.490. Bolsa Wish Me Luck, R$ 998. Tênis Louis Vuitton, R$ 4.300


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias de modelos do Brasil Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo Estadão – Caderno de Moda Beleza, Moda e Agencias de Modelos do Brasil Mural Fashion ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda Jornal O Globo Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL , LEQUIPE AGENCE, Way Model

Nasce Enrico, o primeiro filho de Karina Bacchi

Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram) Foram 9 meses de expectativas – e fotos quase que diariamente postadas nas redes sociais. Eis que o grande momento chegou para Karina Bacchi :  a apresentadora anunciou a chegada de Enrico , seu primeiro filho, resultado de um processod einseminação artificial, que veio ao mundo no dia 08 de agosto.  O post feito pela apresentadora na manhã desta quarta-feira (09.08) trouxe uma declaração emocionante para o filho:  “Minha maior riqueza… ENRICO! BEM VINDO ! Que experiência mais poderosa essa de dar Vida a você meu filho…meu anjo … Temos sido cúmplices desde que vc foi encaminhado a mim . Naquele dia, a urgência por ter você passou a ser algo essencial à minha alma , ao meu desenvolvimento como mulher, ser humano, mãe ! Naquele momento fui nutrida de coragem e de luz pra gerar você … Sua história já começou cheia de garra – meu embriãozinho forte, vitorioso ! Nunca estivemos sós. Eu sabia que você viria – tinha certeza- era pra ser, era você …já estávamos conectados, nutridos de afeição.

Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)

Foram 9 meses de expectativas – e fotos quase que diariamente postadas nas redes sociais. Eis que o grande momento chegou para Karina Bacchi: a apresentadora anunciou a chegada de Enrico, seu primeiro filho, resultado de um processod einseminação artificial, que veio ao mundo no dia 08 de agosto. 



O post feito pela apresentadora na manhã desta quarta-feira (09.08) trouxe uma declaração emocionante para o filho: 


“Minha maior riqueza… ENRICO! BEM VINDO ! Que experiência mais poderosa essa de dar Vida a você meu filho…meu anjo … Temos sido cúmplices desde que vc foi encaminhado a mim . Naquele dia, a urgência por ter você passou a ser algo essencial à minha alma , ao meu desenvolvimento como mulher, ser humano, mãe ! Naquele momento fui nutrida de coragem e de luz pra gerar você … Sua história já começou cheia de garra – meu embriãozinho forte, vitorioso ! Nunca estivemos sós. Eu sabia que você viria – tinha certeza- era pra ser, era você …já estávamos conectados, nutridos de afeição. Eu, você, Deus, nossa fé ! Quanta coisa vivemos juntos nesses nove meses de você aqui dentro … Parcelas infinitas de amor …. Dançamos, rimos, até banho de leite nós experimentamos! Choramos de emoção, recebemos milhares de mensagens lindas ! Ajoelhamos com gratidão… A cada centímetro crescente na minha circunferência mais minhas mãos se sentiam imantadas a minha barriga, mais e mais queria te tocar, te proteger por tempo integral…. Vc sabia que minhas roupas se encheram de bolinhas na região da barriga de tanto eu acariciar vc?! ….Vc não viu mas vc se mexia e se virava achando graça, fazendo manha… Mesmo em meio a tanta expectativa, comemoramos cada instante, vivemos meses de extrema doçura, afinidade e intensidade… A ansiedade tinha pés ligeiros principalmente na reta final da gestação mas nosso estado contemplativo também absorvia cada vibração boa … cada presente da Vida . Você foi tão bom pra mim meu amor. Sem enjoos, sem asia, estrias, mudanças de humor, medo ou indisposição… Tudo fluiu em paz, só ficamos mais famintos não é mesmo ?! Tivemos a fase do abacaxi com sal, dos carboidratos, dos brigadeiros recheados de uva, da água com limão… saboreamos cada instante. Ficamos rechonchudinhos … rsss Foram mais de 20 kg somando eu e vc… mas isso nunca foi um peso… cada curva está eternizada nas imagens que registramos… e isso é o que importa.Vc me completou de Amor ! ( continuação na foto seguinte) #babybacchi @enricobacchioficial #karinabacchi”. 

Enrico Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Enrico Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)

Karina revelou no post que o pequeno já nasceu com uma conta oficial no Instagram: @enricobacchioficial – o perfil fechado traz uma fotinho dos olhos do recém-nascido e a descrição. “Cheguei em 08/08/2017, filho amado e muito desejado por minha mãe @karinabacchi. Me chamo Enrico mas tb pode me chamar de #babybacchi”. 

Enrico Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Enrico Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)

Na sequência, Karina publicou nova imagem do pézinho do filho: “E como caminharemos daqui pra frente? Nós já nos entendemos, estamos tranquilos porque sabemos que temos força e amor de sobra pra superar qualquer desafio. Se houverem obstáculos tiramos de letra com a cabeça erguida … Seremos capacitados lapidando nossas qualidades, sendo amigos, vivendo em harmonia , somando e doando nosso melhor… Seu futuro está sendo plantado … e prometo : cultivaremos as melhores sementes… sim ! Tenho separado há anos as mais prósperas pra vc… Está vendo esse mundão aqui fora ? Ele é todo nosso e temos a sensibilidade para nos encantar com as mais lindas paisagens…vem meu filho, vem meu anjo, vem coroar essa felicidade ! Vamos viver ! TE AMO FILHO!”.



Sobre o parto realizado em Miami: “Escolhi ter meu filho nos Estados Unidos para que ele tenha múltipla cidadania e, dessa forma, tenha mais oportunidades nas escolhas futuras, seja nos estudos, trabalho, etc”, explicou ela em entrevista a Vogue. “Tenho cidadania italiana e sei o quanto isso é positivo”. Ao dar entrada na maternidade, na noite do dia 08, Karina desabafou: “Misto de sentimentos… difícil conter tanta emoção… obrigada Deus , meus pais e cada um de vcs por me acompanharem com tanto carinho nesse momento tão esperado da minha Vida…”. Felicidades à família!

Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi: bebê a caminho (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi: bebê a caminho (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/ Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/ Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/ Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/ Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)Karina Bacchi (Foto: Reprodução/Instagram)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Modelo nos anos 90, Fabiana Saba conta da fase em que passou do manequim 34 para o 44

(Foto: Deco Cury) Comecei a trabalhar como modelo com 13 anos. Aos 15, já morava em Nova York e viajava o mundo fotografando. Sempre fui muito magra, cheguei a sofrer bullying por isso na escola.

Fabiana Saba (Foto: Deco Cury)(Foto: Deco Cury)

Comecei a trabalhar como modelo com 13 anos. Aos 15, já morava em Nova York e viajava o mundo fotografando. Sempre fui muito magra, cheguei a sofrer bullying por isso na escola. Tenho 1,76 m de altura e, nessa época, pesava 48 kg. Comia muito e não engordava. Malhar? Nem pensar.


Mas quando completei 21 anos comecei a engordar e resolvi fazer uma lipoescultura. Pouco tempo depois, conheci o Ralph, meu marido, que é nova-iorquino, e passamos a namorar a distância.


Nessa época, eu estava bem profissionalmente, trabalhando como apresentadora do Interligado Games e do Superpop, na Rede TV. Com o tempo, fama e dinheiro começaram a perder valor, porque sentia muita falta dele. Em 2002, o amor falou mais alto: larguei tudo para viver com ele em Nova York. Deu certo! Estamos juntos há 15 anos e casados há 12.


Meu marido é judeu, sou kardecista, minhas filhas frequentam uma escola quaker (grupo religioso surgido na Inglaterra no século 17, mas hoje mais concentrado nos Estados Unidos), a gente medita.


Converti-me ao judaísmo para casar e participamos de todos os feriados. Não somos quaker, mas escolhemos essa escola porque eles se preocupam em criar seres humanos íntegros e conscientes. As filhas do Obama estudavam num colégio similar em Washington. O que eu mais quero é criar um mundo bom para os meus filhos e criar bons filhos para o mundo.

Com Gisele Bündchen em um editorial da Vogue em 1995 (Foto: Arquivo Vogue)Com Gisele Bündchen em um editorial da Vogue em 1995 (Foto: Arquivo Vogue)

Falando em filhos, foi quando engravidei que engordei de vez. Foram 30 quilos na gravidez de Victoria, que hoje tem 9 anos, e 25 na de Rebecca, de 6. E eu não sabia emagrecer porque nunca tinha precisado fazer dieta.


Depois que as minhas filhas nasceram, já emagreci e engordei de novo muitas vezes, mas nunca cheguei perto de voltar a ter as medidas da época de modelo e apresentadora. Em termos de saúde, quando eu era magra comia muito mais besteiras, muito açúcar, não tinha massa muscular. Acho que peso mais de 70 kg agora, mas nunca mais subi numa balança. Números para mim não existem! Só sei que usava 34 e agora, 44. E é o que é.


Mas nem sempre foi assim. Só a partir do ano passado comecei a aceitar meu corpo e ver beleza fora do que é considerado padrão. Teve uma época em que não me sentia mais bonita para trabalhar, parecia que estava invisível. Muita gente vinha me perguntar: “Nossa, você está com o rosto lindo, por que deixou isso acontecer com o seu corpo?”. Ficava mal e comia mais.


Comecei a perceber que, se estivesse num resort, por exemplo, e encontrasse algum conhecido, não entrava na piscina com a minha filha por vergonha de mostrar meu corpo. Achava que meu marido me dava indiretas porque eu tinha engordado e ficava superbrava.


Quando me aceitei, percebi que era coisa da minha cabeça. Ficava mal-humorada, porque pensava que ele estava me olhando diferente. Às vezes não queria sair com o Ralph, não me sentia bem em nenhuma roupa e na minha cabeça ele concordava com isso.


Na verdade, meu marido só reclamou comigo porque estava preocupado com a minha saúde, já que tive pré-diabetes. Ele, por sua vez, se alimenta bem, corre todo dia. Está melhor agora do que há 20 anos quando nos conhecemos. É um tapa na cara!


No ano passado, comecei a postar fotos e textos mais reais no meu Instagram sobre meu cotidiano, minhas angústias, meus defeitos, e senti uma resposta muito positiva das mulheres que me seguiam. Isso ajudou a dar força para recuperar minha autoestima.


Acho que hoje as pessoas cansaram da perfeição, de um mundo que você não consegue alcançar porque, na verdade, ele não existe. Nessa mesma época, minha filha mais nova passou a estudar em período integral. E, pela primeira vez, senti vontade de voltar a trabalhar depois de todos esses anos sendo mãe 24 horas.


Foi quando uma amiga que trabalha nos EUA como modelo curvy (uma categoria abaixo do plus size) me convidou para ir até a agência dela. Na mesma hora eles me contrataram e, aos poucos, estou voltando a trabalhar.


Quando trabalhava como modelo no Brasil, não precisava mais fazer casting. E agora estou aqui, no começo, com meninas de 16 anos. E vou fazer 40 este ano. É difícil começar de novo. Meu marido tem me apoiado muito. Nunca me arrependi de ter largado tudo. Fiz isso não porque ele não queria que eu trabalhasse, e sim porque estávamos em países separados.


Veja: Agencias de Modelos


Com o Instagram e os primeiros trabalhos, senti uma resposta do Brasil que eu não esperava. Pelo contrário, achei que sofreria muitas críticas, estava preparada para elas, mas fui recebida de braços abertos. O que prova o quanto as pessoas estão preparadas para a diversidade de corpos.


Este novo momento me levou a criar, em março passado, junto com a minha amiga e modelo curvy Natalia Novaes e a também modelo Luma Grothe, o Todas Juntas, programa de empoderamento feminino no YouTube, feito parte no Brasil, parte nos EUA.


Feminismo é ter liberdade de escolha, e é isso que tentamos mostrar. A mulher que quer ser só mãe não tem que julgar a que não quer ter filhos, e assim por diante. Depois de nove anos, usei biquíni – e postei –- pela primeira vez no verão passado. Fiz as pazes com o espelho. Amo comer. Sou feliz comendo e tudo bem.


Não tenho vontade de emagrecer, só tenho vontade de ficar durinha. Não quero ter celulite, ficar flácida. Até estou me animando mais para malhar. Esse mundo de modelos plus tem mulheres maravilhosas. Se você tem que se matar para ter um peso, isso não é saudável.



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model