Primeiras fotografias de Henri Cartier-Bresson em expô em SP

Programa pro feriado : a exposição “Henri Cartier-Bresson, primeiras fotografias” está em cartaz até 25/06 na Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp ! São 58 fotografias do francês, escolhidas pelo curador João Kulcsár , de seus primeiros 4 anos de trabalho – conhecidos como “momento decisivo” . O fotógrafo Henri Cartier-Bresson se consagrou como um dos nomes mais influentes da área no século 20.

Programa pro feriado: a exposição “Henri Cartier-Bresson, primeiras fotografias” está em cartaz até 25/06 na Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp! São 58 fotografias do francês, escolhidas pelo curador João Kulcsár, de seus primeiros 4 anos de trabalho – conhecidos como “momento decisivo”. O fotógrafo Henri Cartier-Bresson se consagrou como um dos nomes mais influentes da área no século 20. Quer conhecer mais? Clica na galeria pra conferir!

“Henri Cartier-Bresson, primeiras fotografias”
Até 25/06, de segunda a sexta, das 10h às 20h
Centro Cultural Fiesp: av. Paulista, 1313, Cerqueira César, SP
(11) 3146-7406
Entrada gratuita

Veterana, Lea T. manda recado para Valentina Sampaio no SPFW: “Seja forte”

Lea T. no lounge de Marie Claire e Quem no SPFW (Foto: Marcos Rosa) Nesta quinta-feira (16), Valentina Sampaio desfilou pela primeira vez de biquíni na passarela pela Amir Slama durante o São Paulo Fashion Week após brilhar como um dos grandes destaques da moda internacional nesta última temporada. Embora esteja ainda no início de carreira, já recebeu o apoio de grandes nomes da indústria, como Lea T

Lea T. no lounge de Marie Claire e Quem no SPFW (Foto: Marcos Rosa)Lea T. no lounge de Marie Claire e Quem no SPFW (Foto: Marcos Rosa)

Nesta quinta-feira (16), Valentina Sampaio desfilou pela primeira vez de biquíni na passarela pela Amir Slama durante o São Paulo Fashion Week após brilhar como um dos grandes destaques da moda internacional nesta última temporada. Embora esteja ainda no início de carreira, já recebeu o apoio de grandes nomes da indústria, como Lea T.


“Seja forte”, disparou a top  no SPFW. “Tenha consciência de que estamos encarando uma causa. Podemos divulgar mais do que uma capa ou desfile. A questão mais importante é mostrar que podemos estar em um ambiente de trabalho” .


Lea foi uma das primeiras modelos transgênero a conquistar um espaço de destaque na moda, tornando-se uma grande referência para outras que sonham em serem respeitadas e reconhecidas no local de trabalho. O peso de sua história, no entanto, ainda a constrange.


“Não gosto de levar essa responsabilidade. Mas, sim, fui uma das primeiras modelos transgênero a abrir minha história, sem ter vergonha de ser quem sou. Temos que ter orgulho”, disse.


Em uma entrevista emocionante dada para a edição de março da revista Marie Claire, Lea revelou como conquistou seu espaço na indústria e abriu o coração sobre as mudanças físico e emocionais que passou ao se submeter a cirurgia de redesignação sexual. Hoje, ela comentou toda a repercussão que provocou.


“Não tinha noção da repercussão. Já vivi isso, mas a gente esquece. Para mim foi como reviver a época em que trabalhava muito e as pessoas me paravam para conversar. Essa capa foi uma volta para mim. As pessoas foram supercarinhosas”, afirmou a tímida filha do ex-jogador Toninho Cerezo. “Tem um peso estar na capa da revista e fico meio sem jeito”.


Desde quando ganhou notoriedade ao ser escolhida por Ricardo Tisci para a Givanchy, Lea reconheceu, por fim, que as mudanças para pessoas transgênero estão chegando, mesmo que devagar. “As meninas agora estão tendo o direito de poder ser o que são. Agora podem expressar o orgulho de serem mulheres trans, ou negras”.


Lea T. na capa da edição de março da Marie Claire (Foto: Gustavo Zylbersztajn)Lea T. na capa da edição de março da revista Marie Claire Brasil (Foto: Gustavo Zylbersztajn)


 


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Conheça o trabalho de Lucas Barros

O estilista alagoano (Foto: Divulgação e Daniel Mattar / Styling: Bebel Moraes) Foi durante o curso de arquitetura e urbanismo da Universidade Federal de Alagoas, em Maceió, concluído em 2010, que Lucas Barros desenhou suas primeiras criações na moda – uma série de t-shirts que combinava um rico tie-dye à serigrafia.

O estilista alagoano (Foto: Divulgação e Daniel Mattar)O estilista alagoano (Foto: Divulgação e Daniel Mattar / Styling: Bebel Moraes)

Foi durante o curso de arquitetura e urbanismo da Universidade Federal de Alagoas, em Maceió, concluído em 2010, que Lucas Barros desenhou suas primeiras criações na moda – uma série de t-shirts que combinava um rico tie-dye à serigrafia.


O estilista auto didata nunca chegou a exercer a formação original, mas os traços arquitetônicos se tornaram uma das assinaturas da grife que leva seu nome, lançada oficialmente em 2012 comum desfile na Casa de Criadores.

Looks do inverno 2017 de Lucas Barros (Foto: Divulgação e Daniel Mattar)Looks do inverno 2017 de Lucas Barros (Foto: Divulgação e Daniel Mattar)

Como nas primeiras camisetas, o elaborado trabalho artesanal segue como marca registrada de Lucas:em seu inverno 2017, um tricoline de algodão ganhou aspecto de couro graças à sobreposição de camadas de tingimento manual,que une serigrafias e pinceladas de tinta -material que depois é trabalhado em um minucioso patchwork, como na saia de flores à esquerda.


“Cresci em em Paulo Jacinto, no interior de Alagoas, e minhas criações carregam muito da cultura popular nordestina, porém com um olhar contemporâneo”, conta ele, que vive em São Paulo há dois anos.


Nesta temporada, Lucas investe pela primeira vez em uma linha de camisaria – desenvolvida manualmente em moulage, como é de se esperar do estilista.


DNAFASHION
DATA DE LANÇAMENTO:
dezembro de2012.
NO COMANDO: o alagoano Lucas Barros.
ESTILO: artsy e artesanal.
CARRO-CHEFE: texturas elaboradas, que misturam diferentes camadas de tingimentos manuais.
AGRADA: artistas plásticas, arquitetas e colecionadoras de arte.
BOA-NOVA: o lançamento da primeira coleção de acessórios, com bolsas e sapatos.
ONDE ENCONTRAR: em quatro multimarcas como o Gallerist (SP) e a Ka Store (Rio) e no ateliê da grife (SP).


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Rihanna entra para o elenco de “Bates Motel”

Rihanna como Marion Crane em “Bates Motel” (Foto: Reprodução) Work, work, work… É, Riri não para mesmo! Foram divulgadas as primeiras imagens da cantora como Marion Crane em “Bates Motel”. Para quem anda por fora do universo da série, seu papel é o mesmo vivido por Janet Leigh no clássico “Psicose”, de Alfred Hitchcock.  A participação de Riri chega bem na última temporada de “Bates”, quando Norman já está se tornando o psicopata assassino do filme

Rihanna como Marion Crane em Rihanna como Marion Crane em “Bates Motel” (Foto: Reprodução)

Work, work, work…É, Riri não para mesmo! Foram divulgadas as primeiras imagens da cantora como Marion Crane em “Bates Motel”. Para quem anda por fora do universo da série, seu papel é o mesmo vivido por Janet Leigh no clássico “Psicose”, de Alfred Hitchcock. 


A participação de Riri chega bem na última temporada de “Bates”, quando Norman já está se tornando o psicopata assassino do filme. #SpoilerAlert. Como ela será retratada — e como será conduzido seu assassinato no chuveiro é o ponto alto (e o provável encerramento com chave-de-ouro) da trama.


“Bates Motel” estreia em 20 de fevereiro nos EUA. Ainda não há data confirmada para o Brasil.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Terapia: descubra o método ideal pra você!

Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução) Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência. Não basta a indicação da amiga, é preciso entender o que cada método oferece e, principalmente, escolher um bom profissional. “É preciso se sentir confortável para tratar dos assuntos mais íntimos e difíceis, inclusive para falar sobre a própria terapia, caso julgue ser necessário”, explica o psicanalista Luiz Eduardo de Vasconcelos Moreira

Cena da série Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução)

Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência. Não basta a indicação da amiga, é preciso entender o que cada método oferece e, principalmente, escolher um bom profissional. “É preciso se sentir confortável para tratar dos assuntos mais íntimos e difíceis, inclusive para falar sobre a própria terapia, caso julgue ser necessário”, explica o psicanalista Luiz Eduardo de Vasconcelos Moreira.



O risco de um tratamento que parece andar bem, de repente travar ou terminar mal sempre existe, por isso é importante que as primeiras sessões sejam usadas pra que o psicoterapeuta e o paciente se avaliem.


“Deve-se considerar que uma psicoterapia se desenrola a médio ou longo prazo, mas isso não deve servir de desculpa para que o paciente fique refém de um tratamento que não traga mudanças em sua vida. Afinal, busca-se terapia porque algo não vai bem”, diz Luiz Eduardo.


Conheça um pouco dos métodos psicoterapêuticos mais utilizados atualmente e veja qual faz mais a sua cara:


Psicanálise 
“Freud explica” se aplica ao método criado pelo médico austríaco. Ele parte do pressuposto de que há algo que a pessoa não percebe e que a atravessa e a define. Trabalha-se com conceitos como inconsciente, transferência, associação livre, interpretação e fantasia, apenas pra citar alguns. Na prática, deixar o paciente falar livremente permite acesso ao que está escondido lá no inconsciente. Isso não significa que o profissional fica o tempo todo calado. Essa postura depende do psicanalista.


Psicologia analítica 
Também conhecida como psicologia jungiana, foi desenvolvida pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung e tem como base os conceitos de arquétipo, inconsciente coletivo e processo de individuação. Aqui, o paciente também é encorajado a falar livremente, mas o profissional interfere se achar necessário para não sair da linha de raciocínio. Além das palavras, a psicologia analítica usa outros tipos de expressões, como desenhos e pinturas, pra acessar o inconsciente.


Gestalt-terapia  
Criado por Frederick Perls na década de 1950, o método busca o aqui e agora em vez de ficar analisando o passado como outros. Gestalt significa “configuração” em alemão, pois se enxerga a pessoa como um todo: corpo, sensações, emoções, pensamentos, sonhos, etc. O sintoma, como a depressão, por exemplo, é visto como um sinal do organismo, que em tratamento será regulado para encontrar a saúde mental.


Terapia comportamental  
Focada no presente e no alívio dos sintomas a curto prazo, o método surgiu nos Estados Unidos com o trabalho de Burrhus Frederic Skinner. Analisa-se a resposta da pessoa frente a um estímulo e, se essa reposta for indesejada, o tratamento busca mudá-la. Por exemplo, se você sempre foge de um relacionamento assim que ele fica sério e isso te faz mal, a terapia vai te ensinar a agir diferente no próximo relacionamento.


Terapia cognitivo-comportamental
Surgiu como uma contestação da terapia comportamental feita pelo psiquiatra americano Aaron Beck na década de 1970. No começo, o método servia apenas pra tratar a depressão, mas mais tarde foi ampliado. A teoria afirma que as pessoas depressivas desenvolvem na infância crenças que as deixam negativas frente aos eventos do dia a dia. Assim, olha-se pras vulnerabilidades e o que as desencadeou pra tentar equilibrar o paciente.


Terapia sistêmica
Aqui, analisa-se como o paciente se relaciona com os sistemas, como a família, a escola e o trabalho. O tratamento busca modificar as respostas automáticas de cada pessoa em uma relação que não está funcionando bem. Por isso, muitas vezes é utilizada para terapia de casal.


Psicodrama
O método nasceu do teatro de improviso. A ideia é realmente encenar situações que realmente aconteceram ou criar outras que podem vir a acontecer. O terapeuta participa da encenação no papel de algum personagem para interagir com o paciente e criar contrapontos às experiências que causam sofrimento. Dali, saem insights e revelações.



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL,MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Terapia: descubra o método ideal pra você!

Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução) Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência.

Cena da série Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução)

Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência. Não basta a indicação da amiga, é preciso entender o que cada método oferece e, principalmente, escolher um bom profissional. “É preciso se sentir confortável para tratar dos assuntos mais íntimos e difíceis, inclusive para falar sobre a própria terapia, caso julgue ser necessário”, explica o psicanalista Luiz Eduardo de Vasconcelos Moreira.



O risco de um tratamento que parece andar bem, de repente travar ou terminar mal sempre existe, por isso é importante que as primeiras sessões sejam usadas pra que o psicoterapeuta e o paciente se avaliem.


“Deve-se considerar que uma psicoterapia se desenrola a médio ou longo prazo, mas isso não deve servir de desculpa para que o paciente fique refém de um tratamento que não traga mudanças em sua vida. Afinal, busca-se terapia porque algo não vai bem”, diz Luiz Eduardo.


Conheça um pouco dos métodos psicoterapêuticos mais utilizados atualmente e veja qual faz mais a sua cara:


Psicanálise 
“Freud explica” se aplica ao método criado pelo médico austríaco. Ele parte do pressuposto de que há algo que a pessoa não percebe e que a atravessa e a define. Trabalha-se com conceitos como inconsciente, transferência, associação livre, interpretação e fantasia, apenas pra citar alguns. Na prática, deixar o paciente falar livremente permite acesso ao que está escondido lá no inconsciente. Isso não significa que o profissional fica o tempo todo calado. Essa postura depende do psicanalista.


Psicologia analítica 
Também conhecida como psicologia jungiana, foi desenvolvida pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung e tem como base os conceitos de arquétipo, inconsciente coletivo e processo de individuação. Aqui, o paciente também é encorajado a falar livremente, mas o profissional interfere se achar necessário para não sair da linha de raciocínio. Além das palavras, a psicologia analítica usa outros tipos de expressões, como desenhos e pinturas, pra acessar o inconsciente.


Gestalt-terapia  
Criado por Frederick Perls na década de 1950, o método busca o aqui e agora em vez de ficar analisando o passado como outros. Gestalt significa “configuração” em alemão, pois se enxerga a pessoa como um todo: corpo, sensações, emoções, pensamentos, sonhos, etc. O sintoma, como a depressão, por exemplo, é visto como um sinal do organismo, que em tratamento será regulado para encontrar a saúde mental.


Terapia comportamental  
Focada no presente e no alívio dos sintomas a curto prazo, o método surgiu nos Estados Unidos com o trabalho de Burrhus Frederic Skinner. Analisa-se a resposta da pessoa frente a um estímulo e, se essa reposta for indesejada, o tratamento busca mudá-la. Por exemplo, se você sempre foge de um relacionamento assim que ele fica sério e isso te faz mal, a terapia vai te ensinar a agir diferente no próximo relacionamento.


Terapia cognitivo-comportamental
Surgiu como uma contestação da terapia comportamental feita pelo psiquiatra americano Aaron Beck na década de 1970. No começo, o método servia apenas pra tratar a depressão, mas mais tarde foi ampliado. A teoria afirma que as pessoas depressivas desenvolvem na infância crenças que as deixam negativas frente aos eventos do dia a dia. Assim, olha-se pras vulnerabilidades e o que as desencadeou pra tentar equilibrar o paciente.


Terapia sistêmica
Aqui, analisa-se como o paciente se relaciona com os sistemas, como a família, a escola e o trabalho. O tratamento busca modificar as respostas automáticas de cada pessoa em uma relação que não está funcionando bem. Por isso, muitas vezes é utilizada para terapia de casal.


Psicodrama
O método nasceu do teatro de improviso. A ideia é realmente encenar situações que realmente aconteceram ou criar outras que podem vir a acontecer. O terapeuta participa da encenação no papel de algum personagem para interagir com o paciente e criar contrapontos às experiências que causam sofrimento. Dali, saem insights e revelações.



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL,MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Pathy Dejesus revela preparação para primeiro ensaio nu: “Fui radical”

Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves) Quando surgiu o convite de se tornar a primeira negra a estampar a capa da edição de aniversário da revista “Playboy”, Patricia Dejesus , carinhosamente apelidada de Pathy, foi à casa dos pais se aconselhar antes de tomar sua decisão.

Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves)Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves)

Quando surgiu o convite de se tornar a primeira negra a estampar a capa da edição de aniversário da revista “Playboy”, Patricia Dejesus, carinhosamente apelidada de Pathy, foi à casa dos pais se aconselhar antes de tomar sua decisão. Dependendo da resposta do casal, a atriz e ex-modelo de 39 anos abriria mão deste passo em sua carreira para não constrangê-los. “Posso falar o português claro? Foi foda!”, contou.


De cara, Pathy ouviu um não da mãe ao pedir sua bênção. Mas o cenário mudou quando o pai a surpreendeu com seu apoio. “Ele fez uma cara feia, franziu a testa, mas me deixou falar”, afirmou. “Eu lhes disse que não faria algo que os deixaria constrangidos. Pedi para confiar na educação que me deram e no ser humano que me tornei. Tenho uma história tão bonita e não iria manchá-la por ego ou capricho. E falei da importância da representatividade [da mulher negra]”. A justificativa não somente os convenceu, como garantiu um certo incentivo. “Lembro que, quando saíram as primeiras notícias, meu pai foi o primeiro a compartilhá-las no Facebook [risos]”.


Com a divulgação da revista recém-lançada, Pathy notou o aumento da curiosidade dos homens em torno de sua figura. “Acho engraçado. Tem umas pessoas que nunca imaginei e que estão elogiando”, disse antes de ponderar. “Sou blindada em relação ao assédio. Trabalhei 15 anos como modelo, e sei que as fotos não são eu, são apenas uma imagem. Às vezes me pergunto se as pessoas gostariam mesmo de mim se me conhecessem como sou”, brincou.


Os homens, pelo menos à princípio, diz, mantiveram-se discretos na abordagem. Quem sonha em um dia conquistá-la precisa, segundo Pathy, investir em um bom papo e fugir do “chaveco”. “Os homens não chegam em mim. Sou de uma época em que não tinha internet e o cara tinha que falar, trocar ideia, ser educado com as pessoas. Isso que vai me encantar.”

Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves)Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves)

PREPARO
Com apenas 20 dias para se preparar para o dia das fotos, a atriz mudou a dieta e recorreu aos exercícios físicos para acentuar suas curvas. “Não tive muito tempo. Como sou magra, parei de correr um pouco, porque isto dá uma secada, e só comi proteína praticamente”, contou.


Pathy revelou ter sofrido mesmo ao cortar a bebida alcoólica e todo tipo de massa da dieta. “O que valeu foi ter mudado minha alimentação. Vi bastante resultado, mas é desesperador porque fiquei bastante tempo sem comer massa, e eu amo”, disse. “Morei um tempo na Itália. Sou do ritual do vinho, tomo um pouco por dia”.


A restrição alimentar lhe trouxe não somente um corpo mais curvilíneo, como também um aprendizado. “Fui radical durante um tempo para um trabalho e vi que sou capaz. Se precisar de novo, sei que vou conseguir”.


Autoconfiante, ela aproveitou ainda para dar uma lição de autoestima ao falar sobre estar bem com seu corpo. “Eu nunca vou ser gostosona, então você nunca vai me ver malhando glúteos duas horas, porque o que tenho é isso aqui, e estou feliz assim.  Mas o que posso melhorar vou fazer até ficar 100%. Sou teimosa, taurina, muito determinada”.

Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves)Pathy Dejesus (Foto: Divulgação / Gabi Alves)


REPRESENTATIVIDADE NEGRA
Abrir caminho para mulheres negras em áreas antes dominadas exclusivamente por brancos não é novidade para Pathy — embora surpreenda quem ainda duvida do racismo no Brasil. “Fui a primeira a fazer muitas coisas, como estar na embalagem de um shampoo, estrelar uma propaganda de filtro solar,  apresentar um programa na MTV depois dos 23 anos…”


Ela já foi vítima de preconceito quando trabalhou em um escritório em São Paulo antes de ingressar na carreira de modelo. “Pediram para saber mais sobre minha aparência antes de me virem. Dizem ‘boa aparência’ porque não querem uma negra. Hoje, como pessoa pública, embora esteja na linha de frente, tenho como me defender. E quem está no bairro onde cresci e toma na cabeça todo dia somente pelo fato de ser negra?”, questionou.


Pathy acredita, inclusive, que poderia ter sido ela a mulher agredida verbalmente em uma praia do Recreio, no Rio, em um caso que repercutiu nas redes sociais com a divulgação de um vídeo na web recentemente. “Essa coisa ridícula poderia ter acontecido com qualquer outra atriz global. Morei ali, poderia ter acontecido comigo”.


Bisneta de afrodescendentes escravizados, a atriz sabe a importância que um trabalho como o seu tem no desenvolvimento da representatividade de negros na mídia e no combate ao preconceito. “Recebo mensagens de meninas que se estimularam em ser modelos e atrizes porque me viram. Isto é um mérito e ninguém me tira”.

Pathy nos bastidores do ensaio nu (Foto: Reprodução Instagram)Pathy nos bastidores do ensaio nu (Foto: Reprodução Instagram)


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Saiba por que ser mulher custa mais caro

Todas as brasileiras pagam, em média, 10% a mais do que homens por produtos idênticos ou similares (Foto: Marcel Valvassori) Você sabia que uma calça jeans custa R$ 30 a mais para uma mulher do que para um homem? Que o modelo feminino de uma lâmina de barbear pode ser R$ 4 mais caro do que o masculino ? E que um corte de cabelo pode sair quase 1/3 acima do preço só porque a cliente é menina

Todas as brasileiras pagam, em média, 10% a mais do que homens por produtos idênticos ou similares (Foto: Marcel Valvassori)Todas as brasileiras pagam, em média, 10% a mais do que homens por produtos idênticos ou similares (Foto: Marcel Valvassori)

Você sabia que uma calça jeans custa R$ 30 a mais para uma mulher do que para um homem? Que o modelo feminino de uma lâmina de barbear pode ser R$ 4 mais caro do que o masculino? E que um corte de cabelo pode sair quase 1/3 acima do preço só porque a cliente é menina? A prática de cobrar preços mais altos para consumidoras incomoda feministas e estudiosos do mundo todo, que passaram a chamá-la de taxa rosa.


Raul e Teresa são irmãos gêmeos, têm 1 ano, mas desde o nascimento Raul tem chances de ser mais rico do que a irmã. Logo após o parto, os pais de Teresa começaram a pagar mais caro pelas roupinhas dela do que pelas dele. Uma camiseta de manga comprida para meninos saía por R$ 69 no e­-commerce da loja infantil Green em junho. As opções do mesmo produto para Teresa variavam de R$ 76 a R$ 89. O banho de Teresa também é mais salgado do que o do irmão. Um frasco de xampu com embalagem do filme Carros, com 300 ml, da marca Biotropic, na farmácia Netfarma, custava R$ 3,99 em uma promoção em agosto. Já o da Barbie, feito pelo mesmo fabricante, era vendido por R$ 9,40 na mesma ocasião. Se fossem adolescentes, a matemática não seria diferente. Raul pagaria R$ 379 por sua primeira calça Levi’s 501. Teresa desembolsaria R$ 30 reais a mais. Na vida adulta, tampouco a equação seria equilibrada. Se fossem cortar os cabelos juntos no Studio W, no Shopping Iguatemi, em São Paulo, Teresa desembolsaria R$ 308 e Raul, R$ 240.


Ao longo da vida, Teresa e todas as brasileiras pagam, em média, 10% a mais do que homens por produtos idênticos ou similares. Esses são os dados preliminares da primeira pesquisa que avalia preços e gênero do país, feita pelo professor de cultura e consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing Fabio Mariano Borges, de São Paulo, que será lançada no mês que vem. “A indústria e o varejo não sabem justificar”, afirma o pesquisador. “É um viés de mercado, um vício. Já trabalhei em muitas empresas e nunca ouvi ninguém dizendo que se deve cobrar mais por um produto só porque ele é voltado para o público feminino. É uma opressão, uma discriminação de gênero que se repete sem nos darmos conta. Por isso, é tão importante chamar atenção para a questão”, completa Borges.

É um vício de mercado, uma opressão, uma discriminação de gênero”Fabio Borges, professor da ESPM

Marie Claire vasculhou shopping centers, farmácias, lavanderias, cabeleireiros em São Paulo, além de lojas virtuais que atendem todo o país. Encontrou discrepâncias como as que estão no quadro no fim da matéria. “A taxa rosa, como é chamada essa cobrança abusiva de produtos para as mulheres, já é debatida há alguns anos no exterior, mas está sendo pensada há pouco tempo no Brasil. As marcas se aproveitam do desconhecimento das consumidoras para cobrar mais delas” afirma Nana Lima, da consultoria em mercado feminino Think Eva. “As consequências são terríveis porque as mulheres ganham menos e têm de pagar mais.” Dados da Organização Internacional do Trabalho mostram que as brasileiras recebem, em média, 22% menos do que os brasileiros para desempenhar a mesma função. Se, hoje, Teresa e Raul fossem adultos, trabalhassem no mesmo lugar e com o mesmo cargo e ela recebesse R$ 12 mil, é bem provável que Raul ganhasse R$ 14.640. Se Teresa gastasse 5% da renda com produtos de consumo pessoal, como mandam os manuais de finanças pessoais, desembolsaria R$ 600 por mês. Se o irmão comprasse exatamente os mesmos itens que ela, gastaria R$ 545. Se todos os outros gastos de ambos fossem equivalentes, Raul ficaria R$ 31.740 mais rico do que ela a cada ano. Em 20 anos, compraria um apartamento de dois quartos em um bairro de alto padrão em São Paulo. Já Teresa…

As consequências são terríveis, as mulheres já ganham menos”Nana Lima, consultora da Think Eva

As primeiras a atacar a taxa rosa foram as americanas. Em 1998, a cidade de Nova York criou uma lei que proibia os estabelecimentos de cobrar preços diferentes para homens e mulheres pelo mesmo serviço. Os alvos eram cabeleireiros e lavanderias. A regra não incluía produtos. Há dois anos, o coletivo feminista francês Georgette Sand decidiu se debruçar sobre os preços nas gôndolas de Paris. Criou um tumblr, o womentax.tumblr.com, para postar flagrantes. Uma mochila feminina, por exemplo, custava 6 euros a mais do que a versão idêntica masculina. Além do site, fizeram barulho com petições online e hashtags. A campanha chamou atenção das autoridades, que trataram de investigar o comércio. O governo francês criou, então, um Conselho de Consumidores para debater a questão.

Para o professor Fabio Mariano Borges, da ESPM, há uma motivação histórica para a taxa (Foto: Marcel Valvassori)Para o professor Fabio Mariano Borges, da ESPM, há uma motivação histórica para a taxa (Foto: Marcel Valvassori)

Graças a esse combustível, outros países decidiram olhar para o tema. Em abril de 2015, o coletivo australiano Get Up lançou uma campanha convocando os consumidores a denunciar lojistas que cobram a taxa rosa. Ação parecida fez o Departamento de Relações de Consumo (Departament Consumer Affairs, o DCA) da prefeitura de Nova York. Compararam as versões femininas e masculinas de 800 produtos em cinco indústrias, 24 lojas, 91 marcas e 35 categorias. Analisaram brinquedos, acessórios e roupas de crianças e adultos, produtos de cuidados pessoais e para a casa. Constataram que, em média, os direcionados ao público feminino custam 7% mais que os masculinos. O próprio DCA incentivou as consumidoras a denunciar abusos nas redes sociais.


O QUE ESTÁ POR TRÁS DA COBRANÇA?
Para o professor Fabio Mariano Borges, da ESPM, há uma motivação histórica para a taxa. “A partir do século 18, as lojas e o ambiente de consumo se tornaram espaços predominantemente femininos porque as mulheres eram – e são até hoje – as responsáveis pelo abastecimento da casa. Pegava mal, por exemplo, para um homem ser frequentador assíduo de uma loja. Hoje, elas são o maior grupo entre os consumidores e o varejo se adaptou a isso. Uma hipótese é a de que os preços mais baixos sejam um atrativo para os homens irem às lojas”, afirma.


Procuradas as empresas Gillette, Levi’s, Green, Track & Field afirmam que os produtos para o público feminino destacados pela reportagem têm particularidades que os tornam mais caros. No caso das lâminas de bar­bear, por exemplo, a Gillette diz que: “Venus é diferente de uma lâmina masculina porque os aparelhos […] apresentam cabo ergonômico e cartucho oval flexível que se adapta ao corpo feminino”. A Green atribuiu a diferença às estampas aplicadas sobre as camisetas. “Na nossa loja, a menina não procura coisas simples”, diz Márcia Naas, coordenadora de produto da marca. A Levi’s afirma que os produtos femininos possuem materiais, lavagens, customizações e aplicações diferenciadas. “A pirâmide de preços estende-se comparada ao masculino, por causa [dos] produtos e do comportamento da consumidora mulher, que não considera o preço um fator tão determinante para a compra”, disse a empresa por meio de sua assessoria de imprensa. A Track and Field  segue no mesmo tom. “A diferença de preço depende de fatores que vão da negociação do tecido […] ao tempo de produção do produto […]. Se levar em consideração dois produtos com as mesmas especificações, o preço não varia.” A Biotropic, fabricante dos xampus infantis, disse que não tem preços diferentes por gênero, mas que os varejistas têm liberdade de não utilizar as tabelas recomendadas. O cabeleireiro Studio W diz que a diferença se dá pelo tempo de manutenção dos cortes. “O homem, normalmente, corta o cabelo a cada 20-30 dias e a mulher a cada 40-90 dias ou mais”, afirmou a empresa, também por meio da assessoria.


Agora, cabe a nós, brasileiras, fazer barulho para revolucionar o mercado nacional. Encontrou preços diferentes para os mesmos itens dirigidos a homens e mulheres? Poste os flagrantes que encontrar e marque #pelofimdataxarosa.

 (Foto: )

 


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Intimissimi aposta na pegada rocker pra coleção de outono/inverno

Body da nova coleção da Intimissimi (Foto: Divulgação) A Intimissimi divulgou nesta sexta, 4, as primeiras peças da coleção outono/inverno da marca.

Body da nova coleção da Intimissimi (Foto: Divulgação)Body da nova coleção da Intimissimi (Foto: Divulgação)

A Intimissimi divulgou nesta sexta, 4, as primeiras peças da coleção outono/inverno da marca. Desta vez, a estação começa com um mood clássico na linha Black&White e peças trabalhadas nos tricôs com detalhes em renda. 


Suéteres curtos e jaquetas luxuosas ornamentadas com lantejoulas, pérolas e pedrarias, tendência rocker, tapeçaria como referência, florais delicados, couro ecológico, veludo e paetês completam e dão o tom da coleção pra estação mais fria do ano. 

Coleção outono/inverno Intimissimi (Foto: Divulgação)Coleção outono/inverno Intimissimi (Foto: Divulgação)Coleção outono/inverno Intimissimi (Foto: Divulgação)Coleção outono/inverno Intimissimi (Foto: Divulgação) Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models

Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Por mais inclusão, escolas britânicas adotam política de uniforme sem gênero

A ideia é que os alunos se sintam confortáveis para escolher o uniforme que desejam usar (Foto: Thinkstock) A fim de tornar o ambiente escolar um espaço mais inclusivo, 80 escolas estaduais – 40 delas voltadas ao ensino primário – do Reino Unido decidiram adotar políticas de uniforme sem gênero . A ideia é que as crianças escolham a roupa com a qual se sentem mais confortáveis. Enquanto algumas instituições de ensino reformularam as peças para evitar qualquer distinção de gênero, outras passaram a permitir que os alunos escolham o uniforme de acordo com o gênero com o qual se identificam.

A ideia é que os alunos se sintam confortáveis para escolher o uniforme que desejam usar (Foto: Thinkstock)A ideia é que os alunos se sintam confortáveis para escolher o uniforme que desejam usar (Foto: Thinkstock)

A fim de tornar o ambiente escolar um espaço mais inclusivo, 80 escolas estaduais – 40 delas voltadas ao ensino primário – do Reino Unido decidiram adotar políticas de uniforme sem gênero. A ideia é que as crianças escolham a roupa com a qual se sentem mais confortáveis.

Enquanto algumas instituições de ensino reformularam as peças para evitar qualquer distinção de gênero, outras passaram a permitir que os alunos escolham o uniforme de acordo com o gênero com o qual se identificam.

De acordo com um porta-voz do Departamento de Educação (DfE, na sigla em inglês), as mudanças não foram impostas pelo governo, mas a intenção é estimular políticas públicas que tornem as escolas mais inclusivas.

“O dinheiro que temos alocado hoje é especificamente direcionado ao combate do bullying homofóbico nas escolas, garantindo que as crianças não tenham suas vidas arruinadas por nenhum tipo de assédio moral e possam assim atingir seu pleno potencial”, disse o responsável em entrevista ao Mashable.

A escola Allens Croft Primary School, em Birmingham, que recebeu 200 mil libras em subsídio do DfE foi uma das primeiras a implementar os uniformes ‘genderless’ e permitir que meninos possam usar saias e meninas se sintam confortáveis com calças. “A inclusão dos transgêneros é extremamente importante pra nós”, disse a diretora Paula Weaver.

Um porta-voz da organização LGBTQ Stonewall descreveu a mudança como “encorajadora”. “Apoiamos todos os esforços direcionados às questões de gênero para que os jovens se sintam felizes e aceitos nas escolas. Nenhuma pessoa trans deveria ser obrigada a se apresentar de maneira desconfortável. Quando isso acontece, pode ser profundamente prejudicial.”


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models

Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model