“Muita gente vem conversar comigo nas ruas”, diz Carol Duarte sobre a personagem Ivana

Carol Duarte, sucesso na novela de Gloria Perez (Foto: Gerard Giaume) Carol Duarte é um dos principais destaques da trama A Força do Querer”, vivendo Ivana. Em sua estreia em novelas, a atriz, de 25 anos, conta a Marie Claire sobre a repercussão de seu trabalho, o tema transexualidade, também fala sobre estilo, e como quer o ultimate para sua personagem

Carol Duarte, sucesso na novela de Gloria Perez (Foto: Gerard Giaume)

Carol Duarte é um dos principais destaques da trama A Força do Querer”, vivendo Ivana. Em sua estreia em novelas, a atriz, de 25 anos, conta a Marie Claire sobre a repercussão de seu trabalho, o tema transexualidade, também fala sobre estilo, e como quer o ultimate para sua personagem.

Como é ter o personagem mais comentado da novela das 9? Nosso trabalho é em conjunto, o mérito é da Gloria Perez e de toda a equipe que trabalha na novela! Não é só a Ivana que está sendo comentada mas toda a novela, todas as tramas estão sendo desenvolvidas paralelamente e sendo muito faladas, e eu fico muito feliz de estar fazendo a Ivana, é uma honra.

Achou que seu primeiro papel em novela seria assim tão grande? É uma responsabilidade muito grande, sem dúvida. A Ivana é um personagem muito difícil, muito encantador, está sendo uma experiência única mesmo. Eu já sabia que a construção desse personagem teria que ser muito bem feita, muito estudada, na medida que o Brasil é o país que mais mata transexuais. É absolutamente importante falarmos sobre isso. Fico muito feliz desse tema estar sendo tratado em uma novela das 9h, muito honrada de poder fazer a Ivana e dividir com o público essa história que a Gloria Perez está escrevendo.

Você tinha consciência do universo trans antes de interpretar Ivana? Fale um pouco sobre. Sim, antes da novela eu já conviva com esse universo, a partir do momento que soube que ia fazer a Ivana eu mergulhei muito, claro!

As pessoas estão te parando na rua? Se param, falam o que pra você? As pessoas são muito carinhosas comigo, receberam muito bem a Ivana, e eu fico muito feliz com isso. Muita gente vem conversar comigo para entender melhor o que se passa com a personagem, ou dividir alguma experiência, ou dizer que estão muito felizes pelo tema estar sendo tratado numa novela das 21h. De maneira geral estão torcendo pela felicidade genuína da Ivana.

Você tem uma boa experiência em teatro. Como veio o convite para novela? Em abril de 2016 comecei a fazer os testes para a personagem. Fiz um teste em São Paulo com a produtora de elenco da novela, Rosane Quintaes, e depois os outros foram todos no Rio de Janeiro com a Gloria Perez e o Rogério Gomes. Foram muitos testes, durou cerca de um mês o processo todo.

Como é o seu estilo na vida real? Se parece com o de Ivana ou nao? Tem coisas no guarda roupa da Ivana que eu usaria sim, mas gosto de usar saia, por exemplo, não sei dizer exatamente qual meu estilo, me sinto uma mulher mais livre para usar o que me deixa confortável, o que me faz bem sem pensar antes em estar ou não na moda. Não me considero uma mulher vaidosa, gosto de me cuidar, de me sentir bem, mas não tenho essa obsessão por me enquadrar em algum padrão. A beleza tem infinitas formas.

Como você quer que seja o final para sua personagem? Eu desejo que a Ivana se sinta bem consigo mesma, que não precise se enquadrar em padrões impostos pela sociedade do que é um homem, e do que é uma mulher, e que a personagem acabe a trama bem com a família e com quem ela ama, afinal é possível nós nos respeitarmos, é possível conviver com as diferenças e é isso que faz os encontros da vida mais ricos.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Sophie Charlotte adia segunda gravidez: “Otto é muito pequeno ainda”

Sophie Charlotte e Otto (Foto: Reprodução/Instagram) Sophie Charlottejá está nostálgica com o final de Os Dias Eram Assim . Na pele de Alice na série, a atriz sofreu, amou e chorou muito durante os capítulos, mas já está morrendo de saudades: “Não posso dar spoiler.

Sophie Charlotte e Otto (Foto: Reprodução/Instagram)Sophie Charlotte e Otto (Foto: Reprodução/Instagram)

Sophie Charlottejá está nostálgica com o final de Os Dias Eram Assim. Na pele de Alice na série, a atriz sofreu, amou e chorou muito durante os capítulos, mas já está morrendo de saudades:


“Não posso dar spoiler. Como vocês viram, a cena da Nanda (Julia Dalavia) falando que é portadora do vírus HIV já foi muito emocionante e o que posso dizer pra vocês é que vai ter muita emoção. Podem se preparar para chorar muito. Vou ate fechar o olho para vocês nao lerem meu olhar. A gente está se despedindo e estamos em clima de saudade. Montamos uma família e está sendo bem dificil”, disse durante o Prêmo de Cinema que aconteceu no Theatro Municipal no Rio, na terça-feira, 05. 

Sophie Charlotte viveu Alice apaixonada por Renato, personagem de Renato Góes (Foto: TV Globo)Sophie Charlotte viveu Alice a fotógrafa apaixonada por Renato, personagem de Renato Góes (Foto: TV Globo)

Mãe de Otto, de 1 ano e 5 meses, do casamento com o o ator Daniel de Oliveira, ela pretende aumentar a família, mas não agora: “Tenho vontade de ter mais filhos, mas quero dar um tempinho. O Otto é ainda muito pequeno e seria complicado. Duas crianças pequenas em casa é difícil”, diz. 

Daniel de Oliveira, Sophie Charlotte e o pequeno Otto (Foto: Reprodução Instagram)Daniel de Oliveira, Sophie Charlotte e o pequeno Otto (Foto: Reprodução Instagram)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Travesti na novela das 9, Silvero Pereira se sente bem como homem ou mulher

Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo) Silvero Pereira  se define como uma pessoa que não gosta de se “encaixotar”. Livre de preconceitos e firme em suas opiniões, ele não deixa que ninguém o coloque para baixo

Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)

Silvero Pereira se define como uma pessoa que não gosta de se “encaixotar”. Livre de preconceitos e firme em suas opiniões, ele não deixa que ninguém o coloque para baixo. “Ser chamado de ‘viado’ e ‘traveco’ para mim é motivo de orgulho”, diz ele em entrevsita. Cearense de Mombaça, uma cidade de 50 mil habitantes, o ator de 35 anos – filho de operário e mãe lavadeira – é casado há nove com um dramaturgo, mas teve várias namoradas na adolescência.  


Foi pensando em defender atores transexuais e travestis que Pereira montou a companhia teatral AsTravestidas. Defensor dos direitos da comunidade LGBT, ele acredita que é preciso lutar por leis que defendam a todos: “Se não, vamos acabar revelando que o Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.”


Como tem sido a repercussão de seu personagem na novela?
SILVERO PEREIRA Faço teatro há 18 anos. Construí uma trajetória artística e política muito importante. Há 15 anos, me dedico às questões LGBT, de travestis, transexuais e transformistas, e  ganhei notoriedade, mas, claro, tudo isso está muito longe do que uma novela das 9 consegue proporcionar. Não consigo mensurar o tamanho disso tudo. Estou em cartaz em São Paulo com a peça “Brtrans“, e, outro dia, andando pela Avenida Paulista, pela primeira vez as pessoas me abordam para falar sobre o Nonato, meu personagem na novela. Nas redes sociais, tenho um Instagram bem ativo e, às vezes, entro ao vivo. Quando isso acontece, sempre aparece uma pessoa que decide me agredir. Reajo politicamente.


O que chama de reagir politicamente?
PEREIRA – Quando tentam me chamar de “viadão”, “traveco”, palavras que podem ser consideradas depreciativas e insultos, eu rebato dizendo que, para mim, elas são motivo de orgulho, adjetivos bem positivos. Esse tipo de atitude faz com que eu acabe levantando essa bandeira para outras pessoas que, no dia a dia, são agredidas e até espancadas. Costumo dizer: “Respondam [às agressões] e se sintam orgulhosas pelo que são”. É muito fácil julgar uma travesti que está na esquina se prostituindo. Mas qual a história dela? Precisamos nos aprofundar nessas questões, sair da superficialidade para entender o que ela sofreu desde criança. Ela está na rua tentando sobreviver.

Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)

Quando decidiu ser ator?
PEREIRA – Minha irmã Cristiana e eu costumávamos brincar de show de calouros. Desde pequeno, gostava de me fantasiar. Trancado no banheiro, me sentia seguro para me expor, pois, sozinho, podia brincar com minhas fantasias. Alguns amigos na infância, principalmente as meninas,  compreendiam minha inclinação para as artes e participavam das minhas invenções. Mas só fui saber o que era teatro quando me mudei para Fortaleza, aos 17 anos. Quando assisti a primeira peça de teatro, descobri o que queria fazer na vida.

Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

Quando você contou à sua família que era homossexual?
PEREIRA –
Esse sempre foi um assunto difícil de falar com minha família, mas, de maneira natural, eles compreenderam que não podiam exigir de mim questões heteronormativas. Não podiam exigir namoradas, casamento, filhos, algo que eles tentaram  durante minha adolescência. Depois que me reconheci de fato, não permiti que ninguém interferisse em minha construção. 


Você se relacionou com meninas?
PEREIRA – Durante toda a minha adolescência, todas as minha relações foram com meninas. Primeiro namorei meninas; depois, passei a me relacionar com garotos. Foi um processo natural. Não gosto de me encaixotar na obrigação de me definir homossexual, bissexual. Gosto muito mais da liberdade de ser, do que da obrigação de definir. Essa é uma frase que tenho usado sempre. Hoje, aos 35 anos, sou feliz com minha identidade. Não me privo dos meus desejos, sejam eles por homens ou por mulheres. Permito que esses desejos aconteçam e, se tiver que ser por homem ou por mulher, que seja bem bonito para mim.


Como os travestis eram tratados em sua cidade natal?
PEREIRA – uma história muito perturbadora da minha infância: Há uma travesti em minha cidade, que mora lá até hoje, chamada Barbosinha. Sempre me disseram que ela tinha uma doença e eu não deveria me aproximar. Era uma espécie de lenda urbana que dizia que a gente não podia ter contato com a Barbosinha. Quando saí da minha cidade, eu era transfóbico. Fui obrigado a não gostar de Barbosinha, a pensar que ela era quase um bicho.  Mas, apesar de eu não ter compreensão sobre sexualidade e identidade de gênero, sentia interesse por esses temas, mesmo sem saber ainda me encaixar. Foi no teatro que compreendi que as pessoas tinham me feito pensar tudo errado.


Você sofreu preconceito no início de sua carreira?
PEREIRA – Sim, por fazer trabalhos para travestis. A classe artística começou a dizer que eu não era era ator, que deveria virar transformista e seguir os passos de minhas colegas nas boates. Mas enfrentei tudo e hoje digo: “Vocês estavam errados”. Hoje, há travestis que trabalham como  funcionárias públicas, são casadas, respeitadas. Claro que ainda existem muitas que são marginalizadas, mas o cenário é bem diferente de quando eu era mais jovem.


Por que você montou a companhia de teatro As Travestidas?
PEREIRA – Estamos num movimento muito bonito rumo à representatividade nas artes cênicas e me considero alguém que, de fato, contribuiu para esse movimento. Há 15 anos, no Ceará, acompanhei muitas amigas artistas largarem o teatro para trabalhar apenas em boates. A construção do meu grupo foi uma luta política, de resistência, para que as meninas voltassem ao  teatro. No grupo, temos três transexuais graduadas em artes cênicas. Somos em 12 integrantes e tem de tudo: hétero, homo, bi,  fluido de gênero, travesti, transexual e transformista.


O que falta para o seu grupo se multiplicar?
PEREIRA – Políticas públicas em defesa das questões LGBT. A área artística está à frente de outros setores. É preciso que as pessoas reconheçam que o Brasil é o país onde se mata mais travesti e trans no mundo. Não há políticas em defesa dessa comunidade. O Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.


Na TV, você prefere se ver como Elis ou Nonato?
PEREIRA – Me sinto tão feliz de barba quanto de cabelo comprido e usando vestido. O masculino é uma coisa que me interessa, me excita e me deixa feliz. Mas o feminino é algo que me comove, mexe comigo. Me sinto feliz das duas formas. Até uns 30 anos, me sentia confuso sobre a masculinidade, a feminilidade, mas agora transito normalmente. O teatro foi minha terapia e me ajudou intensamente a resolver essas questões.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Folha de S.Paulo Portal G1 SPFW Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Uma maquiadora se transformou nas guerreiras de “Sailor Moon”!

Quem ama “ Sailor Moon ” também vai amar o que essa maquiadora fez: ela se transformou em todas as guerreiras do anime , com direito a peruca , lente de contato e acessórios ! Regina , dona do Insta @picturresque e só assina assim mesmo, sem sobrenome, arrasa nas produções superelaboradas. Todas as personagens ganham vida no rosto dela mesma, e Regina aposta em makes de todos os tipos – mais básicas , complexas, cheias de brilho … O resultado das guerreiras você confere clicando na galeria! Não esquece de seguir o Insta dela – e o da Lilian também, que é o @lilianpacce !

Quem ama “Sailor Moon” também vai amar o que essa maquiadora fez: ela se transformou em todas as guerreiras do anime, com direito a peruca, lente de contato e acessórios! Regina, dona do Insta @picturresque e só assina assim mesmo, sem sobrenome, arrasa nas produções superelaboradas. Todas as personagens ganham vida no rosto dela mesma, e Regina aposta em makes de todos os tipos – mais básicas, complexas, cheias de brilho… O resultado das guerreiras você confere clicando na galeria! Não esquece de seguir o Insta dela – e o da Lilian também, que é o @lilianpacce!

Sarada aos sessenta! Aposentada se torna musa fitness na terceira idade

Adriana Miranda (Foto: Divulgação) “Superando os sinais do tempo”. É com este lema que a aposentada Adriana Miranda se motiva a praticar musculação diariamente em uma academia localizada dentro do Clube Paulistano, no bairro dos Jardins em São Paulo.

Adriana Miranda (Foto: Divulgação)Adriana Miranda (Foto: Divulgação)

“Superando os sinais do tempo”. É com este lema que a aposentada Adriana Miranda se motiva a praticar musculação diariamente em uma academia localizada dentro do Clube Paulistano, no bairro dos Jardins em São Paulo. Lá, gasta cerca de duas horas e meia de seu dia esculpindo o corpo torneado que conquistou  após deixar o emprego como procuradora seis anos atrás. Agora, no auge dos 60 anos, a modelo ostenta o título de musa fitness da terceira idade.


“Sempre fiz muitos exercícios físicos, mas agora estou treinando mais forte e mais focada na alimentação. Também tenho feito uma dieta regrada”. Pela manhã, Adriana ingere ovos cozidos, frutas, tapioca com queijo “sem lactose”, que pode ser substituída por batata doce, um dos itens preferidos do cardápio.

Adriana Miranda (Foto: Divulgação)Adriana Miranda (Foto: Divulgação)

Quem olha o abdome trincado da aposentada em seu perfil no Instagram, onde reúne quase 100 mil seguidores, deve imaginar que pratos muito calóricos passam longe de sua mesa. E está correto. “Não como fritura em hipótese alguma”. As exceções são sobremesas aos fins de semana, mas em quantidade bastante limitada. “Doce é minha maior tentação, amo de paixão, mas evito porque quanto mais você come, mais sente vontade”.


Antes de seguir uma dieta regrada, Adriana não tinha o abdome definido que atualmente ostenta na rede social. “Nunca fui gorda, mas tinha umas épocas em que ganhava mais peso”. O grande vilão era “chutar o pau da barraca” no fim de semana.  “Sempre digo que a alimentação é responsável por 80% do resultado, e apesar de já não ter mais aquela pele [jovial], sinto que meu corpo está melhor hoje”.

Adriana Miranda (Foto: Divulgação)Adriana Miranda (Foto: Divulgação)

Manter a forma, para a aposentada, lhe garante não somente uma silhueta invejável, mas também faz bem para seu casamento. “Eu e meu marido vamos juntos para a academia, e ele malha muito, já foi atleta”.


E não é somente o marido que lhe dá apoio em casa para malhar. Seu filho Adriano Toloza também é adepto de um estilo de vida baseado na prática de atividade física. “Todos em casa têm uma alimentação saudável”, disse a aposentada, mãe de dois homens.


O rapaz, aliás, exibe a boa forma  na novela “Ouro Verde”, em exibição em Portugal. Para quem não se lembra, Toloza participou de “Verdades Secretas” como o personal trainer Igor, com quem a personagem de Guilhermina Guinle, Pia, teve um affair.

Adriana Miranda (Foto: Divulgação)Adriana Miranda (Foto: Divulgação)

BLOGUEIRA
Adriana passou a mostrar sua vida nas redes sociais depois de ser aconselhada por amigas a abrir um blog contando como conquistou seu corpo. “Elas diziam que eu poderia dar algumas dicas e ajudar outras mulheres, e isto acabou sendo muito bom para mim”, lembrou. “Fico contente quando as pessoas me dizem que estão se cuidando mais graças a mim”.


A aposentada também tem suas próprias inspirações, e se trata de ninguém menos do que a Bella Falconi. “Sempre gostei do jeito que ela treina, como se cuida, seu modo de vida”, disse. Adriana ressalta que seguir alguém nas redes sociais tem por objetivo pegar algumas dicas, mas sem se sentir pressionada a ter o mesmo corpo de outra pessoa. “Não tenho essa coisa de querer ficar igual, não vou ter um corpo de 30 anos. Cada um tem sua faixa etária”.

Adriana Miranda (Foto: Divulgação)Adriana Miranda (Foto: Divulgação)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Terapia: descubra o método ideal pra você!

Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução) Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência. Não basta a indicação da amiga, é preciso entender o que cada método oferece e, principalmente, escolher um bom profissional. “É preciso se sentir confortável para tratar dos assuntos mais íntimos e difíceis, inclusive para falar sobre a própria terapia, caso julgue ser necessário”, explica o psicanalista Luiz Eduardo de Vasconcelos Moreira

Cena da série Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução)

Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência. Não basta a indicação da amiga, é preciso entender o que cada método oferece e, principalmente, escolher um bom profissional. “É preciso se sentir confortável para tratar dos assuntos mais íntimos e difíceis, inclusive para falar sobre a própria terapia, caso julgue ser necessário”, explica o psicanalista Luiz Eduardo de Vasconcelos Moreira.



O risco de um tratamento que parece andar bem, de repente travar ou terminar mal sempre existe, por isso é importante que as primeiras sessões sejam usadas pra que o psicoterapeuta e o paciente se avaliem.


“Deve-se considerar que uma psicoterapia se desenrola a médio ou longo prazo, mas isso não deve servir de desculpa para que o paciente fique refém de um tratamento que não traga mudanças em sua vida. Afinal, busca-se terapia porque algo não vai bem”, diz Luiz Eduardo.


Conheça um pouco dos métodos psicoterapêuticos mais utilizados atualmente e veja qual faz mais a sua cara:


Psicanálise 
“Freud explica” se aplica ao método criado pelo médico austríaco. Ele parte do pressuposto de que há algo que a pessoa não percebe e que a atravessa e a define. Trabalha-se com conceitos como inconsciente, transferência, associação livre, interpretação e fantasia, apenas pra citar alguns. Na prática, deixar o paciente falar livremente permite acesso ao que está escondido lá no inconsciente. Isso não significa que o profissional fica o tempo todo calado. Essa postura depende do psicanalista.


Psicologia analítica 
Também conhecida como psicologia jungiana, foi desenvolvida pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung e tem como base os conceitos de arquétipo, inconsciente coletivo e processo de individuação. Aqui, o paciente também é encorajado a falar livremente, mas o profissional interfere se achar necessário para não sair da linha de raciocínio. Além das palavras, a psicologia analítica usa outros tipos de expressões, como desenhos e pinturas, pra acessar o inconsciente.


Gestalt-terapia  
Criado por Frederick Perls na década de 1950, o método busca o aqui e agora em vez de ficar analisando o passado como outros. Gestalt significa “configuração” em alemão, pois se enxerga a pessoa como um todo: corpo, sensações, emoções, pensamentos, sonhos, etc. O sintoma, como a depressão, por exemplo, é visto como um sinal do organismo, que em tratamento será regulado para encontrar a saúde mental.


Terapia comportamental  
Focada no presente e no alívio dos sintomas a curto prazo, o método surgiu nos Estados Unidos com o trabalho de Burrhus Frederic Skinner. Analisa-se a resposta da pessoa frente a um estímulo e, se essa reposta for indesejada, o tratamento busca mudá-la. Por exemplo, se você sempre foge de um relacionamento assim que ele fica sério e isso te faz mal, a terapia vai te ensinar a agir diferente no próximo relacionamento.


Terapia cognitivo-comportamental
Surgiu como uma contestação da terapia comportamental feita pelo psiquiatra americano Aaron Beck na década de 1970. No começo, o método servia apenas pra tratar a depressão, mas mais tarde foi ampliado. A teoria afirma que as pessoas depressivas desenvolvem na infância crenças que as deixam negativas frente aos eventos do dia a dia. Assim, olha-se pras vulnerabilidades e o que as desencadeou pra tentar equilibrar o paciente.


Terapia sistêmica
Aqui, analisa-se como o paciente se relaciona com os sistemas, como a família, a escola e o trabalho. O tratamento busca modificar as respostas automáticas de cada pessoa em uma relação que não está funcionando bem. Por isso, muitas vezes é utilizada para terapia de casal.


Psicodrama
O método nasceu do teatro de improviso. A ideia é realmente encenar situações que realmente aconteceram ou criar outras que podem vir a acontecer. O terapeuta participa da encenação no papel de algum personagem para interagir com o paciente e criar contrapontos às experiências que causam sofrimento. Dali, saem insights e revelações.



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL,MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Terapia: descubra o método ideal pra você!

Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução) Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência.

Cena da série Cena da série “Sessão de Terapia” (Foto: Reprodução)

Qual a terapia mais indicada pra você? Que umas boas sessões com um psicólogo ou terapeuta podem mudar a vida a gente já sabe, mas escolher o tratamento que mais combina pode ser decisivo pra amar ou odiar a experiência. Não basta a indicação da amiga, é preciso entender o que cada método oferece e, principalmente, escolher um bom profissional. “É preciso se sentir confortável para tratar dos assuntos mais íntimos e difíceis, inclusive para falar sobre a própria terapia, caso julgue ser necessário”, explica o psicanalista Luiz Eduardo de Vasconcelos Moreira.



O risco de um tratamento que parece andar bem, de repente travar ou terminar mal sempre existe, por isso é importante que as primeiras sessões sejam usadas pra que o psicoterapeuta e o paciente se avaliem.


“Deve-se considerar que uma psicoterapia se desenrola a médio ou longo prazo, mas isso não deve servir de desculpa para que o paciente fique refém de um tratamento que não traga mudanças em sua vida. Afinal, busca-se terapia porque algo não vai bem”, diz Luiz Eduardo.


Conheça um pouco dos métodos psicoterapêuticos mais utilizados atualmente e veja qual faz mais a sua cara:


Psicanálise 
“Freud explica” se aplica ao método criado pelo médico austríaco. Ele parte do pressuposto de que há algo que a pessoa não percebe e que a atravessa e a define. Trabalha-se com conceitos como inconsciente, transferência, associação livre, interpretação e fantasia, apenas pra citar alguns. Na prática, deixar o paciente falar livremente permite acesso ao que está escondido lá no inconsciente. Isso não significa que o profissional fica o tempo todo calado. Essa postura depende do psicanalista.


Psicologia analítica 
Também conhecida como psicologia jungiana, foi desenvolvida pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung e tem como base os conceitos de arquétipo, inconsciente coletivo e processo de individuação. Aqui, o paciente também é encorajado a falar livremente, mas o profissional interfere se achar necessário para não sair da linha de raciocínio. Além das palavras, a psicologia analítica usa outros tipos de expressões, como desenhos e pinturas, pra acessar o inconsciente.


Gestalt-terapia  
Criado por Frederick Perls na década de 1950, o método busca o aqui e agora em vez de ficar analisando o passado como outros. Gestalt significa “configuração” em alemão, pois se enxerga a pessoa como um todo: corpo, sensações, emoções, pensamentos, sonhos, etc. O sintoma, como a depressão, por exemplo, é visto como um sinal do organismo, que em tratamento será regulado para encontrar a saúde mental.


Terapia comportamental  
Focada no presente e no alívio dos sintomas a curto prazo, o método surgiu nos Estados Unidos com o trabalho de Burrhus Frederic Skinner. Analisa-se a resposta da pessoa frente a um estímulo e, se essa reposta for indesejada, o tratamento busca mudá-la. Por exemplo, se você sempre foge de um relacionamento assim que ele fica sério e isso te faz mal, a terapia vai te ensinar a agir diferente no próximo relacionamento.


Terapia cognitivo-comportamental
Surgiu como uma contestação da terapia comportamental feita pelo psiquiatra americano Aaron Beck na década de 1970. No começo, o método servia apenas pra tratar a depressão, mas mais tarde foi ampliado. A teoria afirma que as pessoas depressivas desenvolvem na infância crenças que as deixam negativas frente aos eventos do dia a dia. Assim, olha-se pras vulnerabilidades e o que as desencadeou pra tentar equilibrar o paciente.


Terapia sistêmica
Aqui, analisa-se como o paciente se relaciona com os sistemas, como a família, a escola e o trabalho. O tratamento busca modificar as respostas automáticas de cada pessoa em uma relação que não está funcionando bem. Por isso, muitas vezes é utilizada para terapia de casal.


Psicodrama
O método nasceu do teatro de improviso. A ideia é realmente encenar situações que realmente aconteceram ou criar outras que podem vir a acontecer. O terapeuta participa da encenação no papel de algum personagem para interagir com o paciente e criar contrapontos às experiências que causam sofrimento. Dali, saem insights e revelações.



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL,MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Você consegue adivinhar em qual personagem da Disney esse cabelo e essa maquiagem são inspirados?

Bella e Gigi Hadid (Foto: Reprodução/Instagram) Será que você consegue adivinhar qual a referência que Karl Lagerfeld, estilista da Fendi, passou para o makeup artist Peter Philips na hora de criar a beleza do desfile da grife? Dica: ele criou essa boca cheia de glitter, mas também foi o responsável pela ideia desses enfeites de cabelo (aliás, enfeitar a cabeça está super na moda !)

Bella e Gigi Hadid (Foto: Reprodução/Instagram)Bella e Gigi Hadid (Foto: Reprodução/Instagram)

Será que você consegue adivinhar qual a referência que Karl Lagerfeld, estilista da Fendi, passou para o makeup artist Peter Philips na hora de criar a beleza do desfile da grife? Dica: ele criou essa boca cheia de glitter, mas também foi o responsável pela ideia desses enfeites de cabelo (aliás, enfeitar a cabeça está super na moda!).


Então, tente adivinhar antes de rolar a barra.


*


*


*


*


*


A referência de Karl era Vanellope Von Schweetz, a personagem cheia de enfeites de doce na cabeça do filme “Detona Ralph”.

Vanellope Von Schweetz (Foto: Reprodução)Vanellope Von Schweetz (Foto: Reprodução)

Fofo, né?



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model